Por que alguns comprimidos de Ecstasy estão tão fortes ultimamente?

Comentário sobre a matéria do DanceSafe:

Jornalista do Reino Unido Mike Power tem informações privilegiadas sobre porque os comprimidos de ecstasy na Europa e no Reino Unido são tão fortes nos dias de hoje. Produzido por um misterioso grupo na Holanda conhecido como Partyflock ou Q-dance, essas pílulas estão começando a aparecer nos EUA (variedades ou, pelo menos, imitações). Mas tenha cuidado! Alguns contêm super altas doses de MDMA (até 278 mg, que é mais do que o dobro de uma dose padrão). Como diz Power, “se você tem esses comprimidos, tome em metades ou em terços.”

Texto por Mike Power

Um lote de comprimidos superfortes prensados na forma do logotipo da empresa de entregas UPS, está atualmente em circulação no Reino Unido (e já chegando no mundo inteiro). Eles são tão fortes que fizeram manchetes neste último fim de semana. Inicialmente foi dado um aviso e depois noticiamos uma hospitalização de um grupo de amigos.

Alguns lotes recentes de comprimidos de “ecstasy” são perigosos, porque eles contêm ingredientes tóxicos, como o PMMA, e são vendidos por negociantes desonestos que dizem ser MDMA.

Mas as pílulas UPS podem ser potencialmente prejudiciais, pois elas estão com altas dosagens. Algumas pílulas UPS foram encontradas contendo até 278 mg de MDMA – que é mais de um quarto de um grama – ou três ou quatro vezes mais poderoso do que um padrão de pílula no Reino Unido (clique aqui para relatos de usuários).

Então, por que são tão fortes esses comprimidos em circulação?

Bem, nossas fontes dizem que o grupo responsável por estas UPS são os mesmos responsáveis pela criação de algumas das pílulas mais fortes que foram encontradas nos últimos anos. Conhecida como Partyflock ou Q-dance, outros comprimidos em seu portfólio são as balas: Q-Dance, Defqon, Speakers, Ferrari, Partyflock, Android, Tri-Force, e, mais recentemente, Heinekens e as barras de ouro (Gold). O comprimido a vir a seguir aparentemente vai ser as UPS Vermelhas (contém um corante alimentício na mistura).

Este grupo tem orgulho em produzir, com qualidade, comprimidos com detalhes difíceis de se falsificar pelas suas formas, desenhos, tamanhos e cores, geralmente contendo grandes doses de MDMA muito puro. Os usuários Holandeses que conhecem a “marca” tendem a usar apenas um quarto ou metades inicialmente.

As famosas balas de preço 10 Euros estão fazendo sucesso já por alguns verões na Europa. Mas os comprimidos que estão sendo produzidos agora são superfortes pois há mais MDMA pela Europa no momento do que jamais houve antes durante anos. Os preços também estão caindo, mais baixos do que nunca, com gramas disponíveis a nível de varejo por £25-£40 e os preços da onça (28gr) por em torno de £500. Olhando mais adiante na cadeia de abastecimento, quilogramas estão mais baratos do que têm sido nos últimos anos, em torno de £ 8.000. Há um excesso da droga em toda a Europa.

pill1_0

Isso acontece devido a uma inovação de um precursor – novas maneiras de se fabricar MDMA foram descobertas, um químico holandês deste laboratório de ecstasy que me explicou. Os Holandeses descobriram uma nova receita – eles agora usam uma substância chamada PMK-glicidato, o qual é legal, ao invés do antes usado PMK (ilegal). Essa facilidade ao acesso da matéria-prima para produção, resultou em produtos de qualidade e puros por toda Europa.

Comprimidos com esta qualidade estão sendo vendidos com preços maiores, comparados às pílulas com baixa dosagem, e o time de holandeses que as fabrica são conhecidos pelas balas mais fortes nunca antes vistas e continuam a frente da concorrência.

Eles lançaram comprimidos atraentes pelas formas e tamanhos nunca antes vistos, e dominaram o mercado faz alguns meses – a ponto de que outros laboratórios estão lançando comprimidos falsos, fazendo o laboratório holandês criar novas e novas balas de ecstasy. Mas cuidado, estas réplicas falsificadas estarão com dosagem diferente. Apenas usando da popularidade do formato e cor da bala para aumentar suas vendas.

Mas comprimidos desta extrema qualidade tendem a não chegar ao Reino Unido. Não com essa força e quantia que chegou e certamente não em cidades menores como Middlesborough. Então, o que mudou?

A pista está no logo do comprimido: UPS (sigla para United Parcel Service – correio). É uma brincadeira proposital devido ao fato de muitos desses comprimidos estarem sendo vendidos pelos mercados escondidos na deepweb/darknet. Ou seja, se espalhando rapidamente por toda Europa, e até sendo encontrada nos EUA.

De cor amarela e consistência muito dura, com logotipo em relevo ao invés de uma impressão, estes comprimidos são muito bem produzidos, com um esmalte que sela a bala dando um brilho e as protegendo contra desintegração. Toque profissional que poucos laboratórios se preocupam. Ao invés de ser uma pastilha simples e redonda com sua marca impressa, esta é no formato de um escudo, com uma profunda marca para ser partida em dois na parte de trás.

E esta marca está ali por uma razão – se você possui este comprimido, quando for tomar, tome metade ou em quartos (1/4). Pelo fato de serem muito bem comprimidas, duras de se diluir, alguns usuários demoram um pouco mais para sentirem os primeiros efeitos, pois as balas demoram mais para se dissolverem no estômago. Então, em hipótese alguma faça re-dose acreditando que elas não estão funcionando. Espere 2 horas antes de fazer re-dose. Até mais tempo se estiver com estômago cheio.

E, por hora, enquanto houver este grupo produzindo comprimidos de qualidade, sempre que for tomar, comece por baixas doses e vá de leve.

upsers

Fotos via MDMA-Team

Originalmente por DanceSafe 

Traduzido e adaptado por Equipe Mundo Cogumelo

Obtenha mais conteúdo como esse

Inscreva-se em nossa newsteller e receba os novos posts em seu email!

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] 100% de se acreditar. Sempre questione! Então comece baixo, nunca tome um comprimido novo inteiro, nos últimos tempos laboratórios europeus de ecstasy produziram comprimidos de alta qualidade e alt…. Chegando até 250mg de MDMA, e mesmo sendo esta substância a nossa querida amada molécula […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 2 =